• 15.03.2022

    • ​Exposição Sound It

      Exposição Sound It


      15 de março a 4 de setembro de 2022

      Terça a domingo10h às 18h

      Garagem Sul, CCB

      Usando as ondas hertzianas e os circuitos digitais, a Rádio Antecâmara abre novas perspetivas sobre o ambiente construído, questionando e expandindo o seu sentido. É por meio de diálogos entre arquitetos, artistas, designers, e nas conversas com poetas ou paisagistas, entre os interlúdios feitos de sons e de música, que a Rádio Antecâmara observa mais de perto a nossa contemporaneidade.

      Em torno do espaço performativo e habitado do estúdio, um percurso elíptico leva-nos para territórios «sentidos». O andar na elipse transforma-se numa pura experiência sonora, lembrando-nos que o espaço em que habitamos não é só construído de paredes. Umas dessas matérias espaciais, que não vemos mas sentimos, é o som.

      Ao apresentar essa dimensão sonora do espaço, Sound it explora os modos através dos quais o som constrói e modela a perceção e experiência espacial. É uma viagem subjetiva à descoberta de uma arquitetura invisível, de um espaço percebido sonoramente, de um lugar audível e emocional.

      Curadoria Alessia Allegri e Pedro Campos Costa
      Instalação sonora João Galante

  • 11.07.2022

    • CONTRATAÇÃO DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

      Aviso

      11.07.2022

      CONTRATAÇÃO DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

      Ao abrigo do disposto no artigo 41.º, n.º 2 da Lei n.º 2/2013, de 10 de janeiro, e no artigo 43.º, n.ºs 1 e 2 do Estatuto da Ordem dos Arquitectos (EOA), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 176/98, de 3 de julho, com as alterações que lhe foram introduzidas pela Lei n.º 113/2015, de 28 de agosto, torna-se público que a Secção Regional de Lisboa e Vale do Tejo da Ordem dos Arquitectos pretende proceder à contratação, em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo, por um período de 12 meses, ao abrigo do artigo 140.º nºs. 1 e 2, alínea a) do Código do Trabalho, de um assistente administrativo (m/f).

      Categoria:
      Assistente Administrativo

      Descrição de funções a desempenhar:
      Assessoria ao Conselho Diretivo Regional de Lisboa e Vale do Tejo em atividades de apoio administrativo, designadamente:
      a)Atendimento telefónico;
      b)Organização administrativa de processos;
      c)Organização de arquivo de documentos em suporte digital e papel.

      Perfil do candidato:
      Ter experiência na área administrativa e/ ou atendimento ao público;
      Boa capacidade de gestão e relacionamento com diferentes interlocutores e entidades;
      Sentido de responsabilidade;
      Forte sentido de orientação para os objetivos definidos;
      Conhecimento de software fundamental (texto, cálculo, apresentação, etc.);
      Facilidade de comunicação/relacionamento;
      Conhecimento de línguas estrangeiras;

      Requisitos:
      12.º ano completo, sendo valorizadas as qualificações adicionais

      Documentação exigida:
      Carta de motivação acompanhada dos seguintes documentos, sob pena de exclusão;
      Curriculum Vitae atualizado, datado e assinado;
      Documentos comprovativos da experiência profissional e formações referidas no Curriculum Vitae

      Modalidade de trabalho:
      Tempo total (35h semanais)

      Horário de trabalho:
      7 horas diárias, de segunda a sexta feira: entrada às 09.00 e saída às 17:00 horas, com um intervalo de descanso das 13:00 às 14:00 horas.

      Remuneração:
      750,26€ vencimento-base, sujeito aos descontos legais

      Local de trabalho:
      Sede da Secção Regional de Lisboa e Vale do Tejo da Ordem dos Arquitectos
      Travessa do Carvalho 23, 1249-003 Lisboa

      Critério de escolha:
      Avaliação do Curriculum Vitae, carta de motivação e entrevista com os candidatos selecionados

      Apreciação das Candidaturas:
      As candidaturas são apreciadas em todos os seus atributos, por uma comissão de avaliação designada pelo Conselho Diretivo Regional de Lisboa e Vale do Tejo, de acordo com as seguintes ponderações:
      a) Avaliação curricular e da carta de motivação (40%);
      b) Entrevista (60%).

      Na avaliação curricular serão considerados os seguintes aspetos:
      a) Qualificações detidas;
      b) Percurso profissional;
      c) Relevância da experiência e formações adquiridas;
      d) Tipo de funções exercidas e avaliação de desempenho obtida.

      Na entrevista serão avaliados os seguintes aspetos:
      a) Conhecimentos sobre a organização e funcionamento da Ordem dos Arquitectos;
      b) Interesse e motivação profissional;
      c) Capacidade de expressão e comunicação;
      d) Aptidão e conhecimentos profissionais para o desempenho da função;
      e) Disponibilidade.

      Os interessados deverão enviar carta de motivação, Curriculum Vitae e documentos comprovativos ao cuidado do Conselho Diretivo Regional de Lisboa e Vale do Tejo da Ordem dos Arquitectos, para recursos.humanos@ordemdosarquitectos.org até ao dia 26 de Agosto de 2022.

      Só os candidatos selecionados serão convocados para entrevista, a realizar previsivelmente no prazo de 15 dias úteis após a data do termo do prazo para o envio de candidaturas.

  • 29.09.2022

    • Trienal de Arquitetura chama Terra

      A sexta edição da Trienal de Arquitetura tem por tema “Terra”.

      “Terra incorpora uma declaração de intenção e um apelo à ação, propondo a evolução do atual modelo de sistema fragmentado e linear, caracterizado pelo uso excessivo de recursos, para um modelo de sistema circular e holístico, motivado por um maior equilíbrio entre comunidades, recursos e processos.


      Terra sugere que, após um contexto de fechamento em resultado da pandemia, se reequacione o futuro a partir do cruzamento e intercâmbio de saberes e fazeres que possam coexistir, contribuindo para um futuro mais sustentável do planeta e de quem o habita."

      A Trienal terá quatro exposições e três dias de conferências. Tem curadoria geral de Cristina Veríssimo e Diogo Burnay, do ateliê CVDB.

      6.ª edição da Trienal de Arquitetura de Lisboa - Terra
      29 de detembro a 5 de dezembro de 2022
      Dias inaugurais 29 de setembro a 1 de outubro de 2022


      "As quatro exposições centrais de Terra são o espelho das reflexões e das práticas que nos chegam de outros continentes sobre a arquitectura contemporânea, hoje confrontada com vários desafios, com impactos ao nível social, político e climático.


      Multiplicidade, com curadoria de Tau Tavengwa (Zimbabué) e Vyjayanthi Rao (Índia), estará patente no MNAC - Museu Nacional de Arte Contemporânea. Multiplicidade explora a forma como a arquitectura e a prática projectual se estão a adaptar a um período marcado por desigualdades sem precedentes, mudanças climáticas ou as pandemias.

      Ao MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, chega Reatroactivar, com curadoria dos mexicanos Loreta Castro Reguera e Jose Pablo Ambrosi, uma exposição que se debruça sobre a cidade desfeita onde vive um terço da humanidade, mostrando as possibilidades de nela intervir com soluções que resgatem a dignidade espacial e o sentido de pertença, estruturando necessidades e serviços básicos através da criação de equipamentos públicos.

      Ciclos é a exposição que ocupa a Garagem Sul do CCB, com curadoria dos chilenos Pamela Prado e Pedro Ignacio Alonso, apresentando várias estratégias nas práticas arquitectónicas que migram do modelo linear para o circular, no caminho da sustentabilidade, economia e memória.

      Na Culturgest, a curadora russa Anastassia Smirnova (Rússia) com SVESMI apresenta Visionárias, espelho das visões realizadas e realizáveis por pessoas da arquitectura, das artes, do design e da ciência, que aspiram a mudar o mundo sistematicamente, questionando como podem as visões radicais transformar-se na nova norma.

      Para além das quatro exposições principais, os Projectos Independentes são representados por um total de 16 projectos seleccionados entre as 67 candidaturas recebidas na call. Estes projectos serão expostos no Palácio Sinel de Cordes e noutros espaços da Área Metropolitana de Lisboa.

      Em 2022, os Prémios Trienal de Lisboa Millennium bcpganham uma nova dimensão: para além do Prémio Début, destinado a galardoar um atelier de arquitectura ou jovem profissional para celebrar as suas conquistas, e o Prémio Carreira, que reconhece a relevância do trabalho de figuras da arquitectura no activo para o panorama global, a Trienal alarga o Concurso Prémio Universidades com participações de estudantes de mestrado como também a pessoas da área da investigação (individuais ou colectivas) para a produção de conhecimento em, para e sobre arquitectura. O concurso conta com a participação de 46 instituições académicas de 22 países.

      A 6.ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa inclui ainda o lançamento de uma colecção de livros, dedicada aos temas das exposições numa compilação acessível editada pela equipa curatorial, uma série de conferências Talk, Talk, Talk, que junta vozes nas áreas do pensamento, crítica, investigação e prática, ao longo de três dias na Fundação Calouste Gulbenkian e actividades educativas para todas as idades, com workshops, oficinas para crianças, visitas guiadas com desafios para adolescentes e tertúlias para adultos."




  • 06.10.2022

    • 8º Congresso Internacional Multidisciplinar PHI 2022: “TEMPO E ESPAÇO”

      8º Congresso Internacional Multidisciplinar PHI 2022: “TEMPO E ESPAÇO”


      6 a 8 de outubro de 2022

      O Centro de Humanidades (CHAM), da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, a Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa (FAUL) e a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FA-UP), convidam investigadores das diferentes áreas científicas e culturas a reunirem-se na Faculdade de Arquitectura – Universidade do Porto (FA-UP), entre 6 e 8 de Outubro de 2022, no Congresso Internacional e Multidisciplinar PHI 2022 que tem por tema TEMPO E ESPAÇO.

      O objectivo do Congresso é reunir investigadores de todas as áreas científicas a fim de explorarem e discutirem dois conceitos que podem ser complementares. O primeiro é o TEMPO o segundo o ESPAÇO ou o TEMPO/ESPAÇO. Os dois conceitos estão em dialéctica constante e abrangem todas as áreas da actividade humana. As dinâmicas fluidas que estabelecem determinam frequentemente o modo e o tempo de transformações na forma como percepcionamos o mundo. Os equilíbrios e desequilíbrios que estabelecem, os confrontos de ideias que promovem são essenciais para a evolução do conhecimento, das sociedades e das culturas. De certo modo, estes dois conceitos podem revelar-se futuro potencial, ou tornarem-se na origem de conflitos, embrião de revoluções.

      Os organizadores do PHI 2022 lançam, assim, um desafio à comunidade científica, de todos os domínios de investigação, a envolverem-se activamente numa discussão multidisciplinar tendo os conceitos TEMPO E ESPAÇO como pontos nucleares.


      Mais informações