Os números do Portal (balanço 2014-16)

— 11.01.2017

O Portal dos Arquitectos foi assumido como a actividade prioritária desde o ano de 2010, no âmbito de actuação da Ordem dos Arquitectos (OA).

Em 2013, terminou-se todo o trabalho de diagnóstico e preparação, necessário para o melhor desempenho desta plataforma, através de uniformização de softwares e de procedimentos internos entre os órgãos regionais e nacional da OA. Completou-se assim a 1ª fase de implementação do Portal dos Arquitectos, garantindo a adequação dos serviços ao nível das práticas de simplificação e modernização administrativa: nesta fase, todos os arquitectos podiam actualizar os seus dados pessoais e profissionais online, permitindo a actualização da base de dados da OA, essencial para os contactos com os membros.

Em 2014 reuniram-se as condições necessárias para a efectivação de funcionalidades práticas, como a disponibilização on-line de documentos, consulta de conta-corrente, submissão de pedidos de documentos, pagamento de quotas, inscrição em acções de formação, submissão e gestão do processo de admissão à OA, entre outras.

No início de 2015, iniciou-se uma 2ª fase de implementação dotando-o de novas funcionalidades, ao serviço dos membros e da sociedade incrementando os serviços electrónicos disponibilizados pela Ordem dos Arquitectos, sobretudo pela inclusão de serviços que resultam de integrações com iniciativas nacionais (Cartão do Cidadão, iAP) e com novos serviços relacionaos com a desmaterialização de processos, desburocratização e participação no conceito de administração em rede.

Esta fase constitui uma mudança de paradigma ao nível da organização interna da OA e do relacionamento com os seus membros, empresas, entidades públicas e público em geral.

O ano de 2016 é ainda marcado pela efectivação da candidatura Arquitectos em Rede que a OA submeteu em 2015, com sucesso, ao programa do Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração pública (SAMA2020). Esta candidatura permite alavancar o investimento de cerca de 640.000,00€ através de Apoio FEDER, não reembolsável, no montante de aproximadamente 440.000,00€. O investimento remanescente será suportado pela Ordem dos Arquitectos. De realçar que esta candidatura abrange o projecto desde os anos 2014 a 2017.

Durante o primeiro semestre do ano de 2016, os trabalhos neste âmbito foram maioritariamente administrativos, envolvendo os Recursos Humanos dos Serviços Financeiros, na gestão do processo, organização da documentação e preparação dos procedimentos internos garantindo o bom cumprimento dos procedimentos de contratação pública para as adjudicações a realizar ao longo do ano, quer no âmbito da candidatura, como na restante actividade deste órgão.

Durante o segundo semestre de 2016, iniciou-se a fase desenvolvimento das novas funcionalidades (Sistema de atributos profissionais dos Arquitectos e Integração a Plataforma de interoperabilidade da Administração Pública - iAP), estimando-se uma execução de aproximadamente 30% do projecto.

O Portal dos Arquitectos é hoje uma realidade na gestão diária dos serviços da OA, passando a ser uma ferramenta útil aos Arquitectos e facilitador no relacionamento da Ordem com os seus interlocutores.


Em termos estatísticos e para o triénio de 2014-2016 é de destacar as seguintes dados, no que se refere à Secção Regional do Sul:


Nº de inscritos no portal até 2016 – 10.226 (aproximadamente 75% do universo de membros inscritos na Secção Regional do Sul)

Admissões a estágio via portal:

- 2014 (a partir de Out): 84

- 2015: 402

- 2016: 362

Emissões de declarações genéricas através do Portal:

- 2014 (a partir de Out): 935

- 2015: 8035

- 2016: 8313

Emissões de outras declarações através do Portal:

- 2014 (a partir de Out): 98

- 2015: 774

- 2016: 880